Globalização e as Conspirações da Nova Ordem Mundial

Introdução   

No final do século passado próximo a virada para o ano 2000, me encontrava intrigado com os eventos que poderiam vir a ocorrer com a chegada do novo milênio. Percebia claramente que muitas coisas estavam erradas comigo, com o mundo e com as pessoas, mas até então não entendia o porque de minha indignação e nesse ponto, identificando-me como a imensa maioria dos humanos, me encontrava cheio de questionamentos acerca de muitas coisas que não conseguia obter respostas. Diante daquela inquietação, comecei a pesquisar em jornais, revistas e internet, sobre eventos passados com a humanidade tanto no aspecto humanista, quanto no espiritualista. Naquela época o termo nova ordem mundial era pouco conhecido e falado apenas no circulo político-empresarial. Nesse período, como leitor ávido, resolvi buscar mais informações nas revistas, jornais, e livros da época, sobre assuntos ligados a globalização, novo milênio, nova era etc., e sem perceber comecei a descobrir a ponta de um verdadeiro iceberg, que na ocasião, jamais poderia imaginar a dimensão desse e outros assuntos que vim a descobrir posteriormente. 

Enfim, surpreso, chocado, entre outros adjetivos, iniciei minhas pesquisas e análises críticas, primeriramente tentando averiguar o ponto de vista dos religiosos, para averiguar o que essas lideranças religiosas diversas, afirmavam sobre a questão e constatei que eles também apregoam a chegada de um Novo Tempo, Nova Era, Era de Aquárius, Grande Tribulação, O Milênio, Paraíso, etc... para esse período em que estamos vivendo agora. Hoje, o que percebemos nos noticiários é a anunciação da elite e da classe política com os grandes corporativistas, fazendo coro uníssono com as lideranças religiosas diversas e todos proclamando em alto e bom som, à chegada de uma Nova Ordem Mundial.


 Mas a grande maioria das pessoas embora ouçam frequentemente esse termo na grande mídia, desconhecem a ambiguidade do termo e o significado verdadeiro e oculto que se atribui ao mesmo. Na realidade definir o termo hoje em dia é de suma relevância, para a compreensão exata do seu significado e aplicação. Isso porque muitas são as vozes que buscam definir o significado quase sempre de forma tendenciosa, especulativa, distorcida e não raras vezes de forma equivocada propositalmente premeditada de desinformar à população

"Assista esse pequeno vídeo introdutório"

A partir dessa introdução, vamos procurar ampliar a questão desmistificando fatos e lendas de forma imparcial, crítica e equilibrada, buscando colocar nesse espaço nossa interpretação do real significado e definição que melhor se adequa ao termo Nova Ordem Mundial, hoje tão propagado/alardeado e empregado insidiosa e sistemáticamente no cotidiano de toda a população global

Após amplas pesquisas, percebi que na atualidade existem pelo menos duas "correntes" principais de intépretação acerca do fenômeno "nova ordem mundial", as quais são:

- A primeira classe é a cristã fundamentalista e militante;

- A segunda classe é composta pelos new age, agnósticos, ateus, espiritistas, 
esotéricos, livres pensadores e também é militante. 

É de suma importância e relevância esclarecer, que ambas as classes acima, (que paradoxalmente concordam em algumas questões), também tem divergências quanto à interpretação dos métodos e formas de implementação da NOM. Ao longo desse artigo, tentaremos demonstrar o que é a "nova ordem" partindo do ponto de vista histórico, sempre procurando abordar e demonstrar os fatos concretos, os indícios, e rechaçando as inúmeras especulações que permeiam esse fenômeno. Por isso, considerando a complexidade do assunto, sugerimos a leitura integral desse artigo com paciência e cautela, e principalmente conferindo os links acrescentados no texto desse estudo, procurando entender e diferenciar os pontos críticos, as falácias, as suposições, as ilações, conjecturas, enfim a desmistificação das questões, e filtrando as desinformações, que ocasionalmente, também ocorrem por conta da velocidade das informações, entre outras coisas, visando sempre a busca da verdade real, sempre em prol da boa razão e sensatez, acima de tudo, e de forma justa e equilibrada. O trabalho é exaustivo e portanto, não se apresse em fazer a leitura, sob risco de acabar interpretando equivocadamente pontos cruciais para a perfeita compreensão e assimilação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...