America: O Novo Império do Mal?

Nos últimos dias da Guerra Fria, o ex-presidente dos EUA Ronald Reagan famosamente rotularam a União Soviética de "o império do mal".

Nem todo mundo reconheceu esta posição do líder republicano afável daquela ocasião, na verdade, alguns - a maioria da esquerda do espectro político - argumentaram que na verdade os EUA estavam agindo de forma muito mais sinistra por trás dos bastidores do palco global. Seja qual for o caso, a dicotomia inerente ao confronto histórico entre os Estados Unidos e a União Soviética deu a comunidade global, algo que visivelmente carecemos hoje: o equilíbrio.

Washington está atualmente financiando mais de um trilhão de dólares para o complexo militar-industrial e tem envolvido seus tentáculos de aço ao redor do mundo inteiro. A escalada deste alcance militar é inédita e supera o total real dos impérios Romano, Grego e impérios mongóis combinados in RT.

Dr. Jules Dufour, Professor Emérito da Universidade de Quebec, tentou colocar a extensão da expansão militar dos EUA em alguma perspectiva, quando ele demonstrou que a massa total da terra ocupada por bases militares dos EUA, nacional e internacional é da ordem de 2.202.735 hectares (30 milhões de acres), tornando assim o Pentágono "um dos maiores proprietários de terras em todo o mundo." Os Estados Unidos operam e/ou controlam cerca de 1000 bases militares em 63 países, que são o lar de alguns 255.000 militares em todo o mundo, acrescentou. Não se esqueçam ainda que os EUA se tornaram superpotencia, após a 2 Guerra Mundial. A única nação do mundo a lucar com a morte provocada pelo belicismo foram os norte americanos.

Lord Acton expressou sua opinião sobre o assunto em uma carta ao bispo Mandell Creighton em 1887: "O poder tende a corromper, eo poder absoluto corrompe absolutamente". William Pitt, o primeiro-ministro britânico de 1766-1778, disse algo parecido em um discurso à Câmara dos Lordes britânica em 1770: "O poder ilimitado é capaz de corromper as mentes daqueles que o possuem."

Tendo chegado esse momento na história do mundo, quando uma nação adquiriu o poder quase infinito, percebemos claramente a corrupção total da America. Teria o elixir do poder envenenado Washington sobre essa dura realidade? A América tem-se tornado seu pior inimigo: um novo império do mal. Veja mais informações nesse artigo recém postado.

A maioria da população global e dos próprios brasileiros, desconhecem a extensão dos envolvimentos dos norte americanos nas guerras que eles tem praticado mundo afora. Os EUA se envolveram em mais de 100 (cem) conflitos militares em todo o planeta. Foram os únicos a fazerem uso da bomba atômica de forma covarde contra os japonses que aquela altura do conflito já se encontravam prestes a se renderem mesmo sem o uso da bomba nuclear. Ainda não satisfeitos com os danos causados no primeiro imapacto nuclear, tres dias depois, impiedosamente bombardearam novamente outra cidade japonesa, em claro intuito de demonstração de poder e dominação arrogantes sem quaisquer precedentes históricos.  Confiram essa pesquisa desenvolvida pelo professor Alberto da Silva Jones da UFSC, onde se pode constatar o cronograma das INVASÕES militares dos norte americanos. Se preparem, pois a lista é grande e abrange mais de cem nações do planeta.

Não bastasse a loucura arrogante e gananciosa desenfreada dos imperialistas do mal, que acabaram por minar seus recursos financeiros, vemos agora novamente suas ações e movimentação no sentido de convergir o palco mundial para mais uma guerra no Oriente Médio, onde eles esperam conseguir desencadear a 3 Guerra Mundial, entre Israel e seus vizinhos e tudo isso com o objetivo nefasto de apresentarem a solução: a implementação da Nova Ordem Mundial e o seu líder global (Cristo Cósmico) com um governo único centralizado e controlado pelas elites de banqueiros norte americanos e dos sionistas de Israel.

Para aqueles que estão informados dos planos da elite globalista norte americana, é fácil constatar que eles que estão falidos e endividados, e agora querem uma nova guerra mundial a qualquer custo, e tudo isso no afã, de se manterem como superpotencia mundial, com o objetivo de darem as ordens ao mundo através do governo único por eles proposto em nome da Nova Ordem Mundial. Para isso agora estão provocando atritos no Oriente Médio e já comecaram com as provocações contra a Rússia, China e outras nações anti-americanas. O fator divisor na próxima guerra que está prestes a se desencadear no Oriente Médio, será que a guerra será de curto prazo, pois segundo analistas militares as probalidades de um conflito nuclear são imensas. E não duvidem, certamente dessa vez serão usados novamente os artefatos nucleares, pois o objetivo da elite dos Bilderbergs conforme a reunião desse ano em St Moritz era exatamente isso: o Oriente Médio em chamas, conforme o lider maçon americanos Albert Pike, profetizou quando disse que seriam necessário que se houvesse tres grandes guerras mundiais para que se conseguisse alcançar o objetivo de implementar a NOM a nível global. Para que tudo isso ocorra, o cenário que o mundo vai presenciar será como o demonstrado nos vídeos ao final do post.

Alguém poderia nos perguntar como é que temos tanta segurança nessas afirmações e poderíamos responder da seguinte forma, vejam: Para aqueles que são leitores aqui do Blog sugerimos a leitura do artigo: O Presidente Negro Uma Profecia Assustadora Pois bem, se observarem atentamente, perceberão que os illuminaticos, que trabalham com tudo previamente programado segundo as orientações de seus guias mestres da New Age, é fácil constatar que todo o cenário mais dramático da história está preparado para acontecer no período em que um presidente negro estaria no comando dos EUA. Se voces atentarem para as entrelinhas, perceberão que no filme deixados para trás I, II e III, existem enormes pistas do que está para acontecer, vejamos:

Em Deixados Para Trás I, encontraremos desde o início uma cena em que Israel estaria em guerra contra a Síria. Isso mesmo! Proféticamente, a Biblia sagrada registra que Damasco será totalmente destruída de forma arrasadora (detalhe isso nunca ocorreu antes com Damasco), vejam nesse artigo. Mais estranho ainda é que curiosamente nesse filme, o terceiro da série, deflagra a 3 Guerra Mundial e novamente o que vemos é um presidente negro a frente do governo dos EUA. Não pára por aí... no mesmo filme, vemos que o cenário global é de desolação econômica e então aparece o Líder Global prometendo paz e união mundial em seu governo unificado. detalhe: a série Deixados para Trás, foi produzida no inicio dos anos 90 e os filmes bem antes da candidatura de Obama a presidencia dos EUA, confiram: http://pt.wikipedia.org/wiki/Left_Behind

Com tudo isso que estamos vendo podemos afirmar concretamente que os estadunidenses não tem autoridade moral nenhuma para falar em democracia ou criticar os direitos humanos em qualquer parte do mundo. Ainda, hoje, em pleno século XXI estão massacrando criminosamente mulheres, velhos e crianças no Iraque e Afganistão, Líbia etc, para se apossarem do petróleo e outros bens. Ainda por cima, agraciaram o serviçal presidente Obama com o prêmio nobel da paz. É muito deboche e falta de respeito para com a humanidade. Alguém ainda duvida que os EUA hoje são o Novo Império do Mal? Por J. R. Santana. Blog Mídia Global Se desejar, poderá discutir esse artigo em nosso Fórum Mídia Global.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...